Acadêmicas de Enfermagem da Facimed fazem ação educativa na prevenção do pé diabético

O atendimento foi realizado na Unidade Básica de Saúde Habitar Brasil

A Organização Mundial de Saúde (OMS) define o pé diabético como situação de infecção ou destruição dos tecidos profundos dos pés, associados a anormalidades neurológicas e vários graus de doença vascular periférica nos membros inferiores de pacientes com a doença. O pé diabético é considerado uma complicação do diabetes e é a maior causa de amputações de membros inferiores. Para evitar seu aparecimento são necessárias orientações  preventivas e autocuidado do paciente.

Em um atendimento de orientação, acadêmicas do 6º período de Enfermagem da Faculdade de Ciências Biomédicas de Cacoal (Facimed) realizaram uma ação educativa na Unidade Básica de Saúde Habitar Brasil, sobre os cuidados com os pés, como por exemplo: exame diário dos pés, inclusive entre os dedos; lavagem; secagem cuidadosa, principalmente entre os dedos, de preferência com tecido de algodão macio; uso de creme hidratante na perna e nos pés; proibição da retirada de cutícula; corte de unhas em linha reta; uso proibido de calçados apertados, de bico fino. Na oportunidade também foi orientado sobre atividades físicas e alimentação saudável.

 A ação teve o acompanhamento da Enfermeira professora Ms. Teresinha Cicera Teodora Viana. “É muito importante inserir os acadêmicos ainda na graduação em contato com os pacientes diabéticos, pois no serviço de atenção primária à saúde, o Enfermeiro é responsável pelo primeiro contato com os pacientes diabéticos, demonstrando à eles a importância dessas ações, no intuito de melhor acolhimento, identificação e manejo clínico do pé diabético”, destacou Terezinha