Desembargador ministra a primeira aula do curso de Direito da Facimed

Desembargador ministra a primeira aula do curso de Direito da Facimed

No evento estavam presentes acadêmicos, mantenedores da instituição e autoridades do estado

Na noite desta segunda-feira (04) foi realizado no auditório da Unidade Sede da Faculdade de Ciências Biomédicas de Cacoal (Facimed) a aula inaugural do curso de Direito. No evento estavam presentes acadêmicos, mantenedores da instituição e autoridades de Rondônia, como o Desembargador Dr Isaías Fonseca Moraes, que foi convidado para ministrar a primeira aula do curso. “O Direito da Facimed é muito importante porque vai formar junto com os outros cursos de outras faculdades um grupo de estudo avançado das ciências jurídicas para no futuro termos aqui mestrados e doutorados para sempre qualificar os profissionais. Nesta primeira aula, nós demos o ponta pé inicial do que é o Direito”, destacou o Desembargador.

A presidente da Facimed, Sandra Marques, comentou que o curso só vem a somar na qualidade de ensino que a instituição oferece.  “O curso de Direito é um curso tradicional, porém abrange várias áreas do conhecimento, ele não prevê só o estudo das leis, mas vai além disso, na prevenção dos conflitos pode ajudar na transformação da sociedade e é isso que queremos”, apontou.

A graduação de Direito na Facimed tem duração de 5 anos e conta com a advogada Julinda da Silva, como coordenadora. “Nós estamos propondo um curso diferenciado nas questões de sala de aula introduzindo alguns projetos juntamente com as disciplinas regulares do curso o qual fará grande diferença durante o curso e com certeza nós teremos um ótimo resultado quanto a qualificação dos nossos acadêmicos”, afirmou.

O Presidente da subseção da OAB de Cacoal, Diógenes Nunes de Almeida Neto, destacou que um dos maiores e melhores instrumentos de transformação é o Direito, já que é ele que faz o cidadão conhecer melhor dos seus direitos e dos seus deveres para que ele possa exercer a própria cidadania. “ O curso de Direito proporciona exatamente isso, dar mais condições para sociedade, não só de Cacoal, mas de toda a região para que tenham mais acesso ao conhecimento”.