LAEC realiza I Simpósio de Doenças Crônicas não Transmissíveis na Facimed

Segundo professor Laurindo os índices de doenças crônicas não transmissíveis vêm aumentando ao longo dos anos

Formada no início deste ano a Liga Acadêmica de Enfermagem em Cardiologia (LAEC) vem promovendo na cidade significantes encontros com profissionais renomados e acadêmicos da área da saúde. A liga é formada por 11 acadêmicos do curso de Enfermagem da Facimed. No auditório da instituição a LAEC realizou o I Simpósio de Doenças Crônicas não Transmissíveis. “Esse tema é bem abrangente porque fala de doenças crônicas não transmissíveis, como: hipertensão, câncer, diabetes, entre outras, são doenças que afetam a população. O objetivo da LAEC é promover pesquisa, ensino através dessas ações como o Simpósio. Fazer também projetos de extensão como capacitação, treinamentos teóricos e práticos, diversos temas e pesquisas abordando sobre variáveis sobre a cardiologia que é o nosso foco. Nos estamos conseguindo estimular os acadêmicos e isso é muito gratificante par nós”. Ressaltou Léo Christyan Alves de Lima, Presidente da liga.

Este é o segundo Simpósio organizado pela liga acadêmica que visa não só beneficiar acadêmicos e profissionais, mas também com o intuito de trabalhar a prevenção com a sociedade. “A contribuição é sempre maciça dentro da sociedade diante do público em geral. Quando eu saí da graduação em 2008 nos tínhamos um número global de 68 por cento de doenças crônicas e hoje pensando nos índices de 2013/20014 isso aumentou para 73 por cento e infelizmente a tendência é aumentar cada vez mais. O que a gente pensa é trabalhar a prevenção com a sociedade, acredito que é o grande fator preponderante que nós conseguimos mudar, diante da conscientização e educação continuada na qual a liga vem contribuir” Afirmou o professor Laurindo Pereira de Souza. Durante o Simpósio o médico Endocrinologista Moysés Lima Júnior, abordou sobre doenças Crônicas não transmissíveis: uma visão geral da Magnitude do problema.

O professor de Educação Física do Instituto Federal de Rondônia Rafael Ayres Romanholo ministrou palestra sobre Obesidade e Síndrome Metabólica como fator agravante das DCNTs.

E para finalizar a Enfermeira Leonemar Bittencourt de Medeiros conversou com os acadêmicos sobre o uso abusivo de álcool e tabagismo: repercussões com abordagem na atenção básica.